Dicas importantes
Problemas na Coluna - FAQ

1.QUAL O MELHOR TRAVESSEIRO: ESPUMA OU PLUMAS?
O melhor travesseiro é aquele que você se sente mais confortável, entretanto ele deve ter algumas características. Primeiro depende de qual posição você habitualmente dorme. Se, preferencialmente você dorme de lado, o travesseiro deve ser alto o bastante para preencher o espaço entre o seu ombro e o pescoço no sentido de manter a sua coluna cervical o mais próximo possível da posição neutra. (Isto quer dizer que o seu pescoço não deve ficar torto para a direita ou para a esquerda).
Se você dorme de barriga para cima o travesseiro deve ser mais baixo e preencher o espaço entre a nuca e o colchão . Geralmente o travesseiro de plumas é mais fácil de se amoldar às formas do rosto e do pescoço.

2.QUAL O MELHOR COLCHÃO?
O colchão deve ser mais para rígido do que para mole , e a cama deve ter um estrado totalmente rígido e não de ripas, pois o estrado de ripas cede ao peso do corpo.
Se você usa colchão de espuma a altura do mesmo pode ser entre 8 e 10 centímetros com densidade entre 28 e 32 (Consulte um vendedor especializado – consultor técnico, para o tipo mais adequado ao seu peso). O importante é que quando você estiver deitado às formas da sua coluna estejam preservadas, isto é manter a sua lordose lombar, cifose torácica e lordose cervical fisiológicas.

3.DORMIR NO CHÃO FAZ BEM PARA AS COSTAS?
Não. Esta é uma idéia completamente errada e pode inclusive agravar as dores . Isso porque a rigidez do chão ou de um colchão excessivamente duro poderá acentuar a contratura muscular do paciente. Durante a crise, o repouso deve ser feito no próprio colchão. Uma das posições mais confortáveis é deitar-se de lado, com as pernas dobradas colocando um travesseiro entre elas.

4.EXERCÍCIOS SÃO PREJUDICIAIS E AUMENTAM AS DORES NAS COSTAS?
É um engano pensar assim. Os exercícios só fazem mal quando não são devidamente escolhidos e orientados . Os exercícios de alongamento, associados a outros que reforcem a musculatura abdominal, são os mais indicados para o tratamento da dor crônica. Outros tipos servem para corrigir a postura. A natação também está entre as atividades mais indicadas na prevenção.

5.A PARTIR DE QUE IDADE CRIANÇAS PODEM MANIFESTAR PROBLEMAS DE COLUNA?
Mesmo crianças recém nascidas podem apresentar malformações congênitas da coluna que desde logo necessitam de acompanhamento médico. Nos primeiros anos também podem surgir deformidades como as escolioses que também precisam ser tratadas.
Outro problema é a criança que se queixa de DOR NAS COSTAS. Tal sintoma é absolutamente ANORMAL NA CRIANÇA E DEVE SER INVESTIGADO POR ESPECIALISTA.

6.QUAIS POMADAS POSSO USAR PARA ALIVIO LOCAL?
Não existe qualquer comprovação científica que a aplicação local de pomadas alivia a dor nas costas. As pomadas que hoje existem no comercio, são feitas à base de mentol, cânfora ou óleo de cravo da Índia. Possuem um odor agradável e produzem na pele uma sensação de frescor e, psicologicamente a pessoa sente a sensação de alívio.
Algumas pomadas contendo analgésicos podem agir na pele produzindo efeitos antiinflamatórios e servirem como coadjuvantes no tratamento da dor aguda.

7.O QUE É BICO DE PAPAGAIO?
O bico de papagaio é o nome popular de uma ossificação, chamada osteófito, resultante de uma reação do osso a uma degeneração do disco. O problema recebeu esse nome porque, no raio-x, a deformação aparece com a forma de um bico de papagaio. Na grande maioria dos casos, é um achado casual do raio-x, não apresentando sintomas.
Não existe qualquer relação entre tamanho e número de bicos de papagaio com a idade do paciente e sintomas. Dependendo de sua localização anatômica, pode apresentar dor, devido à compressão de um nervo.

.

8.USAR SALTO ALTO PREJUDICA A COLUNA?
Sim. Embora a elegância feminina peça salto alto, não abuse demais deste tipo de calçado. Saltos acima de 4 centímetros podem fazer mal à coluna se usados diariamente. Eles aumentam a lordose lombar, forçando as articulações posteriores, causando sobrecargas. Mas é claro que eles estão liberados para serem usados eventualmente, como em uma festa, por exemplo.

9.SEMPRE QUE HOUVER DOR NAS COSTAS, A COLUNA É RESPONSÁVEL?
Não. Existem doenças que se desenvolvem nas imediações da coluna e que cujos sintomas se manifestam na espinha. Entre elas, estão a ocorrência de pedra nos rins, divertículos intestinais perfurados, aneurisma (dilatação) da aorta e úlceras duodenais perfuradas na cabeça do pâncreas.

10.PROBLEMAS NO PESCOÇO PODEM SER CAUSA DE DOR DE CABEÇA?
Sim. Até aproximadamente 35% das dores de cabeça são causadas por problemas na coluna cervical . Assim sendo, na busca das origens da dor de cabeça, deve-se investigar a existência de distúrbios na região cervical.

11.OS COLETES SERVEM PARA MELHORAR A POSTURA?
Não. Os coletes, chamados na linguagem médica de órteses, têm vários tipos e tamanhos. Eles não melhoram a postura . São utilizados basicamente para prevenir a evolução de deformidades ou em outras situações específicas nas quais a coluna precisa permanecer em repouso. Em grande parte dos casos, são usados temporariamente.

12.A OBESIDADE PODE COMPLICAR AS DORES NAS COSTAS?
Sim. Estar com excesso de peso pode contribuir para a piora e ser um fator de risco para o desencadeamento da dor da coluna . Especialmente na região abdominal, o excesso de peso desloca o centro de gravidade para frente, sobrecarregando a musculatura das costas. Entretanto, indivíduos magros não estão livres de terem dor na coluna, o que se observa com freqüência.

.

13.A MÁ POSTURA PODE CAUSAR PROBLEMAS NA COLUNA?
Sim. A má postura agrava a dor da coluna. Sentar ereto ou ficar em pé, com apoio igual em ambos os membros, utilizando a musculatura abdominal, promove diminuição de carga sobre a musculatura das costas. Mas se você, ao contrário, sentar em poltronas fundas, fizer sua lição de casa dobrado sobre a mesa ou se posicionar no computador de modo errado, será um forte candidato à dor nas costas.

.

14.PESSOAS QUE TRABALHAM MUITO TEMPO SENTADAS TÊM MAIOR PROPENSÃO ÀS DORES NAS COSTAS?
Sim. O ato de sentar muda a distribuição do peso corporal, que passa a se concentrar mais na porção inferior da coluna. Além disso, o esforço é maior do que quando estamos em pé. Quando o corpo se inclina para frente, a pressão aumenta ainda mais. Nessa posição, a musculatura do abdômen também fica mais relaxada e deixa de interferir na sustentação da coluna. Assim, todo o trabalho fica para os músculos das costas que ficam atrás das vértebras. Isso explica também a necessidade de sentar-se com a coluna reta para não forçá-la tanto . É aconselhável, quando possível, se levantar da cadeira a cada 30 minutos, em qualquer atividade, incluindo as recreativas, como jogar cartas.

 

Home | Dr. Fernando | Coluna | Tratamentos | Dicas | Links | Fotos de convenções | Textos | Contato
© 2014 Dr.Fernando Gritsch Sanchis